Tarântula Psalmopoeus irminia

Nome Comum: Tarântula Psalmopoeus irminia
Nome Cientifico: Psalmopoeus irminia
Apêndice CITES: Não
Anexo II Portaria nº. 86/2018: Sim

De acordo com a Lei n.º 95/2017 de 23 de agosto, não é permitida a venda e/ou publicitação de animais selvagens/exóticos através de websites/plataformas na internet. Caso deseje conhecer os animais que temos disponíveis e respetivas condições de venda, por favor entre em contacto connosco.

Envio Gratuito
Acima de 49€

Envio no Próprio Dia
Em encomendas finalizadas até ás 15h

Entrega Viva/Congelada Garantida
Em alimento vivo e congelado

GUIA DE CUIDADOS

Tamanho: Em adultos podem atingir os 15cm

Origem: Venezuela, Norte da Guiana e Norte do Brasil

Longevidade: Fêmeas: Até 15 Anos. Machos: 5 a 10 Anos.

Habitat Natural: As Tarântulas Psalmopoeus irminia habitam florestas tropicais na Venezuela, Norte da Guiana e Norte do Brasil.

As Tarântulas Psalmopoeus irminia são uma espécie de tarântula de manutenção fácil. Apesar de serem uma espécie que prefere fugir e esconder-se, podem morder pelo que devemos evitar a manipulação ao máximo. Sendo uma espécie algo defensiv e bastante rápida, é recomendada para os entusiastas já com alguma experiência com tarântulas.

Apesar de serem uma espécie fácil de manter, deve ter atenção a alguns aspetos e assegurar certas condições que poderá encontrar nos parágrafos seguintes.

Terrário

Tamanho: Recomenda-se um terrário mínimo de 20x20x30 para 1 adulta. Animais mais novos devem ser mantidos em terrários proporcionalmente menores.

Material: Vidro, plástico, acrilico...

 - Aquecimento e Iluminação

Devemos manter a temperatura do terrário entre os 24 e os 28ºC.

As Tarântulas não necessitam de radiação UVB.

- Humidade

As Tarântulas Psalmopoeus irminia necessitam de uma humidade relativa de cerca de 75%. Devemos criar tanto zonas húmidas como zonas mais secas ao longo do terrário.

Recomenda-se que tenham sempre à disposição um recipiente raso com água onde se possam hidratar.

- Decoração

A nível de decoração, deverá tentar recriar um habitat florestal. São uma espécie que gosta tanto de se enterrar como de fazer teias no topo do terrario, como tal, deve ser fornecida uma altura de substrato tropical de pelo menos 5cm (em adultas) assim como decoração vertical que permita ao animal explorar o terrario na sua totalidade. Pode decorar o terrário com troncos, plantas (verdadeiras ou artificiais), cascas de cortiça, pedras, musgo... 

Dieta e Suplementação

Hábitos alimentares: Insetívoro

 Dieta: Enquanto juvenis podem ser alimentadas duas vezes por semana. Conforme forem crescendo poderemos passar a frequência da alimentação para uma vez por semana. É uma espécie com bastante apetite e que come com facilidade.

- Alimentos

Insetos: Baratas, Grilos, Gafanhotos, Calcium Worms, Larvas da Cera, Larvas de Tenébrio...

- Suplementação

As Tarântulas não necessitam de suplementação.

De acordo com a Lei n.º 95/2017 de 23 de agosto, não é permitida a venda e/ou publicitação de animais selvagens/exóticos através de websites/plataformas na internet. Caso deseje conhecer os animais que temos disponíveis e respetivas condições de venda, por favor entre em contacto connosco.

A0930